Pergunte ao especalista

Em Foco

Maconha pode virar novo analgésico

06/04/2011

Dores de cabeça, nunca mais!

Cientistas anunciaram no domingo (03) a descoberta de uma forma de extrair o componente analgésico da maconha. Eles eliminaram a parte do THC que deixa os maconheiros doidões, então essa versão, não-alucinógena da maconha pode virar um novo tipo de aspirina.

Segundo o site io9, o fisiologista Li Zhang e seus colegas descobriram que o THC - tetraidrocanabinol, substância psicoativa da cannabis - ataca vários pontos do sistema nervoso, entre eles os receptores de glicina inibitórios. Eles regulam "a atividade neuro motora, sensação de dor, relaxamento muscular e ansiedade". O doutor e sua equipe especulam que um THC sintético pode funcionar como um analgésico sem os efeitos psicotrópicos.

"Cannabis tem mais de 400 componentes químicos. Muitos deles proporcionam alívio terapêutico contra dores crônicas, convulsões, depressão e espasmos musculares decorrentes de esclerose múltipla, mas o principal ingrediente psicoativo da cannabis, THC, produz alguns efeitos indesejados, como a diminuição da capacidade motora...", diz parte do artigo de Zhang na publicação científica Nature Chemical Biology.

Isso seria um grande avanço para os usuários de maconha medicinal, que é legalizada em alguns lugares do mundo (não no Brasil), que terão um produto sem alteração de consciência, e para qualquer pessoas que poderá substituír remédios agressivos por um analgésico mais natural. Mas resta a dúvida se ainda vão produzir uma versão da maconha que deixe doidão, mas não traga outros efeitos indesejados para o usuário recreativo.

FONTE: VÍRGULA

Outras Noticias