Pergunte ao especalista

Em Foco

Tubo de Ensaio: Remédio para esclerose múltipla

12/11/2012

 Um medicamento desenvolvido inicialmente para combater certos tipos de câncer se mostrou promissor contra a recorrência da esclerose múltipla, segundo estudos publicados na revista britânica The Lancet. O Alemtuzumab, desenvolvido originalmente para tratar uma forma de leucemia e outros tipos de câncer, reduziu a taxa de recorrência da esclerose em testes com mais de mil pacientes. Esses problemas, que se manifestam de forma intermitente com sintomas como fraqueza muscular, falhas de visão e perda de sensibilidade, acabam por invalidar a grande maioria dos pacientes. A esclerose múltipla atinge 30 mil pessoas no Brasil. As autoridades americanas e europeias devem autorizar o Alemtuzumab, sob o nome comercial de Lemtrada, no próximo ano, segundo Genevieve Maul, porta-voz da Universidade de Cambridge. 0 remédio, porém, tem sérios efeitos colaterais: infecções, problemas de imunidade envolvendo a tireoide e queda das plaquetas no sangue.

 

 

FONTE: CORREIO BRASILIENSE

Outras Noticias