Pergunte ao especalista

Em Foco

Esclerose múltipla é tema de audiência pública em comissão

11/04/2013

A esclerose múltipla é uma doença que, atualmente, acomete cerca de 30 mil pessoas no Brasil, de acordo com dados do Ministério da Saúde. Não há cura e as causas ainda são desconhecidas. O atendimento hospitalar na rede pública estadual aos pacientes com esclerose será tema de audiência pública da Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) nesta quarta-feira (27/3/13), às 9h30, no Plenarinho IV.

De acordo com o autor do requerimento, deputado Fred Costa (PEN), são inúmeras as deficiências no que concerne ao atendimento aos doentes. Entre as dificuldades, estão a forma de obtenção dos medicamentos, com marcação de dia e hora, o que dificulta o acesso dos pacientes aos remédios caso haja algum imprevisto. Durante a audiência, também será discutida a necessidade de passe-livre para os doentes e seus acompanhantes, tendo em vista a quantidade de consultas e sessões de fisioterapia que os pacientes necessitam.

A esclerose múltipla é uma doença autoimune, na qual o sistema imunológico deixa de reconhecer a bainha de mielina, capa que recobre os neurônios, como parte do organismo e produz anticorpos contra ela. Isso compromete o sistema nervoso e faz com que os pacientes, com o passar dos anos, percam o controle sobre as funções motoras. A doença acomete mais comumente pessoas brancas e jovens, entre 20 e 30 anos, na maior parte dos casos mulheres.

Convidados - Foram chamados a participar da reunião o secretário de Estado de Saúde, Antônio Jorge de Souza Marques; o diretor-presidente da BHTrans, Ramon Victor Cesar; a presidente da Associação Mineira de Apoio aos Portadores de Esclerose Múltipla (Amapem), Cibele Itaboray Frade; a tesoureira da Amapem, Tatiane Silva; a secretária da Amapem, Grazielle Fiuza Fabri; o neurologista e coordenador do Centro de Apoio ao Paciente Portador de Esclerose Múltipla da Santa Casa, Antônio Pereira Gomes Neto; o neurologista e presidente do Centro de Investigação em Esclerose Múltipla do Hospital São Geraldo, Marco Aurélio Lana Peixoto; e a coordenadora de Serviços ao Paciente do Laboratório Merck Serono, Andrea Rodrigues.

fonte: http://www.almg.gov.br/acompanhe/noticias/arquivos/2013/03/22_release_comissao_saude_esclerose_multipla.html

Outras Noticias