Pergunte ao especalista

Em Foco

Pesquisa mostra maior incidência de esclerose múltipla no Sul do País

06/06/2016

Levantamento inédito feito pela Orizon – empresa líder em serviços para os segmentos de saúde, seguros e benefícios – traçou um mapa da Esclerose Múltipla no Brasil e constatou que as populações do Nordeste e do Sul do Brasil são mais suscetíveis à doença e as mulheres as principais vítimas.

Segundo o estudo, que analisou 533 casos de beneficiários de planos de saúde com esclerose múltipla no ano de 2014, 73% das vítimas são mulheres e 27% homens. A Orizon identificou ainda que a cada 10.000 pessoas 1,3 desenvolve esclerose múltipla no Brasil. Na região Nordeste este índice sobe para 1,8, seguido pela região Sul (1,5), Sudeste e Centro-Oeste (1,2 cada) e a região Norte apresenta um valor bem inferior, 0,2.

A esclerose múltipla (EM) é uma doença crônica do sistema nervoso central que afeta o cérebro e a medula espinhal interferindo na capacidade de controlar funções, como caminhar, enxergar, falar, urinar e outras. A Associação Brasileira de Esclerose Múltipla estima que, atualmente 35 mil brasileiros são portadores de esclerose múltipla, com incidência maior entre 20 e 50 anos de idade.

Os analistas de Inteligência em Saúde da Orizon, César Venâncio de Souza e Barbara de Lima Pereira, responsáveis pelo levantamento, constataram ainda que o gasto médio em 2014 por paciente com esclerose múltipla na saúde suplementar foi de R$ 11.981,51, sendo 36% do valor correspondem a medicamentos utilizados no tratamento. Dos 533 pesquisados, 228 ficaram internados em algum momento no ano, sendo que 33% precisaram de mais de uma internação no período.

A Orizon elabora Análises Mercadológicas e Estudos Farmoeconômicos, como o de esclerose múltipla, que podem fundamentar avaliações e direcionamento de investimentos em prevenção. Os trabalhos da Orizon têm reconhecimento internacional da ISPOR (Intenational Society for Pharmacoeconomics and Outcomes Research), o maior fórum mundial fármaco-econômico do mundo.

fonte: BEM PARANÁ

Outras Noticias