Pergunte ao especalista

Em Foco

OBESIDADE NA ADOLESCÊNCIA ASSOCIADA A ESCLEROSE MÚLTIPLA

23/11/2009

Nas mulheres

Investigação envolveu 200 mil mulheres e permitiu concluir que a obesidade por volta dos 18 anos está associada a um risco mais elevado de esclerose múltipla.

O risco de uma mulher desenvolver esclerose múltipla ao longo da vida pode duplicar se aos 18 anos ela tiver sido obesa, revela uma investigação publicada na revista Neurology. Trata-se da primeira vez que um estudo associa o risco de esclerose múltipla à obesidade, segundo os autores. As mulheres, em geral, apresentam um risco de um em 200 de desenvolverem esta doença. A investigação envolveu 200 mil mulheres e permitiu concluir que a obesidade por volta dos 18 anos está associada a um risco mais elevado de esclerose múltipla mais tarde. Estes resultados, sublinham os investigadores, vêm assim juntar-se ao rol de argumentos que encorajam a manutenção de um peso saudável na juventude. Apesar do estudo ter incluído apenas mulheres, os autores afirmam não ter razões para acreditar que os mecanismos biológicos serão diferentes no sexo masculino.

Fonte: Tribuna Médica Press

Outras Noticias