Pergunte ao especalista

Em Foco

Gravidez atrasa desenvolvimento da esclerose múltipla

03/12/2009

Gravidez atrasa desenvolvimento da esclerose múltipla

A gravidez pode atrasar o desenvolvimento da esclerose múltipla, sugere um estudo publicado no Journal of Neurology, Neurosurgey & Psychiatry. 

Uma equipa belga seguiu 330 mulheres que tiveram os primeiros sintomas da doença entre os 22 e os 38 anos. As mulheres com pelo menos um filho tinham menos 34 por cento de possibilidades de precisar de ajuda para andar, como uma bengala ou uma canadiana, do que as mulheres sem filhos. 

A esclerose múltipla é uma doença neurológica crónica, de causas desconhecidas, em que o próprio organismo ataca e destrói as bainhas de mielina, a substância que isola as fibras nervosas. Os sintomas são fraqueza muscular, dores articulares e dificuldades de locomoção.

Fonte: REVISTA PAIS E FILHOS

 

Outras Noticias